Regatas/Akdmia já colhe os frutos de um trabalho completo de formação

 

Veja a matéria completa do site da Confederação Brasileira de Basquete, que atesta o trabalho sério e competente que é realizado no Regatas!

http://www.cbb.com.br/noticias/2018/11/regatasakdmia-ja-colhe-os-frutos-de-um-trabalho-completo-de-formacao

O tradicional Clube Campineiro de Regatas e Natação/Akdmia garantiu o título do Campeonato Sub-12 Masculino da Grande São Paulo – 2018 ao derrotar a SE Palmeiras, neste sábado (03 de novembro), por 72 a 65 (37 a 27 no primeiro tempo), na rodada decisiva do Final Four, realizada em seu ginásio, na cidade de Campinas (SP). Os atletas mais efetivos foram Gustavo Guimarães, com 15 pontos, e Artur Sálvio, com 14 pontos, pela equipe do interior, e Vinicius Carlucci, com 21 pontos, em favor do representante da capital.

“Esse é um trabalho iniciado há dois anos, que começou participando dos Festivais organizados pelo EC Pinheiros, no Sub-10. Nesse processo chegaram outros meninos, que passaram a integrar o time. O Campeonato deste ano foi muito difícil, pois reuniu equipes fortes, o que valoriza ainda mais essa conquista. O Final Four foi extremamente equilibrado, mas esse time tem a alma do projeto”, comentou Marcelo Bandiera.

“O projeto, que existe há dois anos, agrega toda a base, através de uma parceria entre o Clube Campineiro de Regatas Natação e a Akdmia de Basquetebol, que tem como principal objetivo a formação de atletas”, complementou o técnico da equipe de Campinas, que garantiu classificação ao Estadual – Série Ouro.

Na primeira rodada do Final Four, disputada na sexta-feira (02 de novembro), a equipe comandada pelo técnico Marcelo Bandeira derrotou o CA Paulistano, por 58 a 43. O maior pontuador do Regatas/Akdmia neste jogo foi Arthur Sálvio, com 12 pontos.

E as boas notícias não param por aí, já que o representante de Campinas foi a única equipe de São Paulo que classificou as quatro categorias (sub-12, sub-13, sub-14 e sub-15) para a Série Ouro do Campeonato Paulista. “Além disso, o sub-15 teve três atletas convocados para a Seleção Brasileira. O título do sub-12 é muito simbólico e evidencia, justamente, a preocupação com a base. Um time muito jovem, com nove jogadores de 2006, dois de 2007 e um de 2008. Desses nove de 2006, três disputaram o mesmo campeonato sub-12 em 2017, justamente para adquirir experiência e poder liderar o time atual”, comentou Ricardo Chamon, gestor da equipe campineira.

“O time é comandado pelo treinador Marcelo Bandiera, pelo assistente-técnico Gabriel Aokio e preparado fisicamente pelo experiente Clóvis ‘Vita’ Haddad. Adicionalmente, os meninos são supervisionados por ortopedista, fisioterapeuta, nutricionista e psicóloga. As notas escolares são acompanhadas de perto pelos treinadores e o lema adotado é: Bom de Bola e Bom na Escola”, acrescentou Chamon.

Além dos associados, a equipe conta com atletas militantes, que foram identificados e direcionados ao clube por outros projetos relacionados a comunidades carentes, entre eles Projeto Viver Tancredão Basketball e Sociedade Beneficente dos Amigos da Vila IAPI.

Para o diretor-executivo da Confederação Brasileira de Basketball (CBB), Marcelo Sousa, o trabalho de excelência que vem sendo realizado pelo Clube Campineiro de Regatas e Natação/Akdmia merece todos os cumprimentos. “Quero dar os parabéns ao Regatas/Akdmia, na pessoa do gestor Ricardo Chamon, pela brilhante conquista no sub-12 e pelo crescimento constante do projeto. O Vermelhinho é uma equipe tradicional do interior paulista, com bons serviços prestados à nossa modalidade, revelando entre outros nomes, o ala/armador Vitor Benite, que é atleta da Seleção Brasileira e brilha no basquete europeu. Por isso, esse refortalecimento da equipe é extremamente benéfico para o nosso basquete”, comentou.

O projeto tem dado frutos em outras categorias, uma vez que três jogadores da equipe sub-15 integraram a primeira lista da técnica Thelma Tavernari para os treinamentos da Seleção Brasileira da categoria, visando o Campeonato Sul-Americano. E dois deles – Varley Augusto Maronezi e Vinicius Biagioni Vicenti – permaneceram no elenco e estão seguindo para Montevidéu onde disputarão esta competição continental, que será jogada de 06 a 11 de novembro.

 

Parceira

A parceira do Clube Campineira de Regatas e Natação no trabalho de formação de atletas é a Akdmia de Basquetebol, criada em 2016, que conta com profissionais vencedores e de alta capacidade, com a missão desenvolver, organizar e gerir projetos e eventos de excelência em basquetebol, possibilitando aos atletas, familiares e comunidade o sentimento de pertencimento e garantindo a criação de valores.

“A Akdmia já surgiu com o DNA de formação, nossa preocupação é um processo de longo prazo, acompanhamos os meninos em várias disciplinas para que eles possam se desenvolver da melhor maneira possível, além disso, fazemos também o desenvolvimento escolar. Acreditamos na formação do ser humano, através do basquetebol; isso já ficou demonstrado que não exclui resultados e performance, mas não faremos nada a qualquer custo, todo o nosso trabalho é voltado para aquilo que é melhor para a equipe, meninos, Akdmia e para o clube”, relatou Haddad.

De acordo com Chamon, o basquete do Regatas está ressuscitando graças a essa parceria firmada com a Akdmia, empresa pertencente a três treinadores (Marcelo Bandiera, Leandro Benelli e Vita Haddad). “Graças a essa parceria, aos patrocínios trazidos pela Akdmia e ao investimento que vem sendo feito em capacitação dos treinadores e prospecção e preparação de atletas, os resultados já começaram a surgir, mesmo sendo apenas o segundo ano do Projeto”, comentou Ricardo, salientando que o contrato de cogestão vai até 2022.

Em 2019 o Projeto, que vai hoje da escolinha ao sub-15, incluirá a categoria sub-16. “A proposta é investir essencialmente nas categorias de base e preparar atletas que possam, inclusive, estudar e jogar futuramente em universidades norte-americanas e em grandes equipes do Brasil e da Europa. A Akdmia já possui uma parceria bastante próxima com a Impact Basketball, nos Estados Unidos, e está em contato com o ex-jogador argentino Pepe Sanchez para desenvolver outra parceria que pode envolver a preparação e o desenvolvimento de atletas em um moderno Centro de Treinamento, que está sendo construído na Argentina”, finalizou Chamon.

 

 

About the Author

By regatas / Administrator on nov 06, 2018

Comentários